Comprar o veículo próprio é o sonho da maioria dos brasileiros. Para continuar aproveitando todos os benefícios dessa conquista, é essencial que você entenda um pouco de mecânica e aprenda a acompanhar o funcionamento do carro.

Não é preciso ser um profissional para saber se comunicar com seu carro. Muitos sinais são fáceis de notar, mas podem estar passando despercebidos por você. A fim de economizar com as manutenções e evitar problemas maiores, fique atento aos sintomas que separamos neste post. Confira!

Sintomas do motor

O motor dá muitos sinais de que há algo errado no funcionamento do carro. O primeiro cuidado que você deve ter é sempre observar as luzes do painel — ali existem símbolos que indicam algum problema. Por exemplo, quando a luz da temperatura acende, é sinal de que o motor está sofrendo superaquecimento e você deve procurar um mecânico rapidamente.

Outro sintoma comum para problemas no motor é o barulho. Se você escuta ruídos diferentes do normal, eles estão indicando que algo não vai bem. Barulhos altos ou engasgos, quando você tenta ligar o carro, são sinais de alerta.

Além disso, fique atento à fumaça que sai do escapamento do veículo, pois ela também tem relação com o funcionamento do motor. Se você perceber que o carro está expelindo uma substância mais escura ou com odores fortes, é importante procurar uma oficina e avaliar o problema.

Sintomas do câmbio

Assim como o motor, o câmbio é um dos sistemas mais importantes do veículo. Ele é responsável pela transmissão do movimento e, por ser exigido constantemente, sofre bastante desgaste. Por isso, fique de olho nele para desvendar o funcionamento do carro.

Um dos sintomas mais comuns do câmbio é a dificuldade para encaixar as marchas. Isso pode acontecer devido ao baixo nível ou viscosidade do fluido de embreagem, mas é importante levar ao mecânico para checar outras causas. Caso você passe pela situação da marcha desencaixar sozinha, vá com urgência em uma oficina.

Os ruídos também indicam problemas no câmbio. Se o carro fizer barulho quando está no ponto morto ou se, ao tentar passar a macha, você escuta aquele ruído forte como se não estivesse pressionando o pedal da embreagem, é necessário verificar os cabos e outros componentes do sistema.

Além disso, atente para outros problemas, como:

  • Cheiro de óleo queimado;
  • Vazamento do fluido de transmissão;
  • Vibração no volante quando a marcha é trocada.

Sintomas da bateria

Toda bateria tem uma vida útil e antes desse período chegar ao fim você pode ter alguns sinais de que ela está perdendo a potência. Um deles é o barulho ao ligar o carro: se você perceber que há algo diferente no motor na hora da partida, é interessante checar a condição da bateria.

Além disso, outros sintomas se evidenciam, como o acendimento da luz da bateria no painel do carro. Também é possível perceber problemas com esse componente por meio do funcionamento dos faróis: as luzes ficam irregulares quando a bateria não está trabalhando bem.

Sintomas da caixa de direção

O volante é responsável por girar as rodas, ou seja, é um dos componentes fundamentais do carro. Para conservar as boas condições dele, fique atento se ele apresentar rigidez ou ruídos nas manobras. Além disso, ao reparar vibração incomum, procure seu mecânico e peça uma avaliação.

Para manter o bom funcionamento do carro e garantir segurança, é essencial realizar todas as manutenções preventivas e contar com o acompanhamento de um profissional confiável. Fique atento aos sinais que mencionamos e leve o carro para a oficina sempre que necessário.

Que tal ajudar seus amigos a cuidarem melhor dos veículos? Compartilhe essas dicas nas suas redes sociais!