Recarregar as baterias, conhecer novos lugares e culturas, fazer amigos, viver aventuras e criar memórias inesquecíveis: esses são apenas alguns dos tantos benefícios de viajar! Mas se engana quem pensa que basta arrumar as malas e ir para o destino tão sonhado: assim como tudo na vida, a viagem precisa de planejamento.

Por mais que essa seja uma atividade que agregue conhecimento e experiências à sua vida, é importante que o valor pago esteja dentro do seu orçamento. Além de não deixar sua conta no vermelho, economizar em viagens pode facilitar o planejamento para um próximo passeio.

Mas será que é possível poupar dinheiro sem comprometer a qualidade desse momento? Conheça as dicas a seguir e veja como aproveitar tudo sem gastar demais.

Planeje a viagem com antecedência

Planejar o deslocamento com algumas semanas de antecedência pode ajudar a evitar gastos desnecessários. Viajar na alta temporada, por exemplo, demandará mais recursos do que escolher uma época menos concorrida.

Com um tempo maior entre a compra da passagem, a reserva do hotel e a viagem, há a possibilidade de conseguir descontos maiores. Além disso, ao se organizar previamente, é possível fazer um roteiro com indicação de locais para visitar, restaurantes, consulados e até hospitais.

Com a internet à disposição, é fácil encontrar diários de viagem — até mesmo em vídeo — com ótimas dicas sobre o destino escolhido. Esse planejamento permite separar uma quantia viável para o passeio sem que ele cause um rombo no orçamento.

Analise os custos da viagem

Outro ponto essencial para economizar em viagens é analisar o quanto será gasto, definindo um orçamento.

Além da passagem e da hospedagem, é preciso pensar no custo com transporte, alimentação, visitas pagas a pontos turísticos e possíveis emergências. Alguns destinos disponibilizam cartão de transporte, em que há o pagamento de um valor fixo para utilizar ônibus ou metrô ao redor da cidade.

Para economizar com alimentação, aproveite as refeições oferecidas pelo hotel e ao sair para comer na rua, prefira restaurantes acessíveis. Mas calma! Isso não quer dizer que aquele restaurante mais caro indicado por amigos não possa ser visitado ao menos uma vez. A dica é não gastar um valor exorbitante com comida todos os dias.

Aproveite promoções e horários de pouca movimentação na hora de visitar os pontos turísticos. Não se esqueça, ainda, de separar uma parte do orçamento para emergências, já que elas não tiram férias.

Imponha limites para as suas compras

É praticamente impossível visitar um lugar novo e não levar ao menos uma lembrancinha, principalmente ao entrar em um outlet ou centro de compras. Para evitar excessos, estabeleça um limite para os gastos com as compras de viagem.

Esse valor não deve ser ultrapassado ou podem faltar recursos para outro aspecto do passeio e até inviabilizar um próximo. Ao comprar algo, pense se realmente precisa do item e se não pode ser encontrado mais barato no Brasil.

Tenha cuidado ao usar o cartão de crédito

Muitas vezes, o cartão de crédito parece ser a solução ao viajar, mas, sem os devidos cuidados, ele pode se tornar um estorvo. Ao usá-lo, a sensação é de que o valor não é pago na hora e que o orçamento da viagem não está sendo comprometido.

Porém, a fatura terá que ser paga em algum momento, há taxas sobre as operações e o risco do valor da moeda aumentar no dia do fechamento da fatura.

Uma compra que custou 500 reais, por exemplo, pode dobrar com a flutuação do câmbio. Por isso, fique de olho em seu uso, especialmente em viagens para o exterior.

Uma forma de lidar com isso é escolhendo o cartão certo. O Sicoobcard conta com uma alternativa que permite que o faturamento seja feito com o valor do dólar no momento da transação. Sem ajuste cambial, as compras são convertidas automaticamente em reais, evitando surpresas depois da viagem.

Viajar é uma forma de acumular conhecimentos e buscar mais qualidade de vida. Com as práticas de planejamento, economizar em viagens transforma toda a experiência em uma situação muito mais prazerosa e recompensadora.

Gostou desse post e quer acompanhar outras dicas? Então curta nossa página no Facebook e siga aprendendo como ter mais controle sobre suas finanças!